Posts

Pastor Levy de Abreu Vargas

ANIVERSÁRIO DE NILÓPOLIS

Apesar da pandemia, na última sexta feira 21 de agosto, o Prefeito Farid reuniu em seu gabinete representantantes de várias religiões para o que chamou de Culto ecumênico afim de celebrar o aniversário e sinalizar que Nilópolis é uma cidade inclusiva e diversa.

As “Crônicas de Nilópolis” contam que a Cidade surgiu de um loteamento promovido pelos irmãos João e Manoel Alves de Miranda, donos da fazenda São Mateus cuja atividade principal era criar cavalos para o Exército. Este loteamento chamou a atenção de investidores, entre eles o Coronel Júlio de Abreu que comprou muitos lotes e influenciou alguns amigos a fazerem o mesmo. Os lotes mediam 12,5m de frente por 50m de fundos e podiam ser pagos em suaves prestações. Isso aconteceu lá pelos idos de 1913.

Com o adensamento urbano, chegaram também famílias evangélicas que trouxeram consigo a fé e o ardor evangelístico, que foi aos poucos mudando a identidade religiosa da cidade. Antes a população era composta principalmente por Católicos Romanos, Espíritas kardecistas, Afrodescendentes de diferentes matizes e Judeus. Em 1922 chegaram os Presbiterianos, em 1926 os Metodistas, em 1927 os Congregacionais, em 1935 a Assembleia de Deus e em 1939 os Batistas. Estas foram as matrizes que deram origem às demais Igrejas Evangélicas, mas Nilópolis não é apenas Evangélica, ela é Espirita, Muçulmana, Budista, Mórmon, Messiânica e até mesmo o lar de ateus e agnósticos que vivem em harmonia apesar das diferenças, afinal é ela que nos proporciona toda essa riqueza cultural.

A iniciativa de reunir líderes de religiões diferentes foi inédita e deu beleza à celebração, afinal como já dizia John Wesley: “No que é essencial devemos ter unidade, naquilo que não é essencial liberdade e em todas as demais coisas a caridade”, que é o amor ao próximo como nos ensinou o Senhor Jesus, portanto, parabéns Prefeito Farid e povo Nilopolitano por mais um aniversário de nossa Cidade.

Pastor Levy de Abreu Vargas