Posts

Pastor Edvaldo Sousa

SÓ 5 DIAS PARA O NATAL DO MENINO JESUS!!!!

Dezembro é o mês de muitas festas em família. No Brasil o Natal é comemorado em 25 de dezembro e é um mês que simboliza luzes, enfeites, aformoseio, ornamentos. É uma festa religiosa, na qual os cristãos celebram o nascimento do menino Jesus. Na verdade, o dia 25 de dezembro não consta da Bíblia como a data exata em que Jesus nasceu. Algumas teorias, portanto, não reconhecem a possibilidade de Jesus ter nascido em 25 de dezembro. Mas, a data em si não tem importância.

O importante é o simbolismo, ou seja, o que significa o Natal, o que representa para a humanidade o nascimento de Jesus. Não é por acaso que dezembro é um mês com muitas comemorações. A coincidência divina pretende com isso nos mostrar caminhos para a reconciliação, para a paz interior, para a solidariedade e para tudo o mais que possa fazer a humanidade mais feliz. Esse é o presente para o aniversariante do mês. Ele nos ensinou a lei do amor, a única irrevogável. Ele deixou a critério de cada um escolher seus caminhos. Por isso é que veio para nos salvar. A opção de “se salvar” é de cada um de nós. Jesus não nos obriga a nada, tanto que foi condenado à pena de morte, ou seja, uma morte cruel.

Natal é época em que se volta o olhar para a Família. Antes, José, Maria e o menino Jesus; hoje, uma multidão de pessoas de diferentes perfis compõe o núcleo familiar. Mas muito além destas diferenças, o importante é que o ambiente familiar seja sereno e feliz. O mais relevante é sentir que ali há consolo quando chegam às tempestades da vida, e aceitação quando outros viram o rosto. As famílias não são perfeitas, bem se sabe disso, mas são os braços que estarão sempre prontos a abraçar quando for necessário. São um pouco do que cada um é. Pelos mesmos corpos percorre o mesmo sangue, e muitos carregam as mesmas manias. Cada qual com uma configuração, mas todos dando o seu melhor, ainda que seja insuficiente.

Que neste Natal tenhamos mais compaixão ao olharmos os nossos próximos mais próximos, a nossa família, as pessoas que estão sempre ao nosso lado quando necessário, e que saibamos perdoar as falhas que eles cometem, já que também nós as cometemos. Muitos erram tentando acertar. Vale a pena focar na boa intenção por trás daquela correção que pode ter nos causado tanto sofrimento. Nesta época do ano, convido a cada um a voltar a falar com quem discutiu e partilhar a mesma mesa com o coração leve e afetuoso. Natal é momento de união, de alegria, de emoção, de sorriso no rosto. Muitas pessoas passaram por grandes transformações ao longo deste ano, e vão vivenciar o Natal de forma especial, com um significado diferente. Portanto, que neste Natal, possamos passar com as nossas famílias, vivenciando com elas toda a essência do nascimento de Cristo Jesus, o Rei dos reis. AMÉM!!!

Pr. Edvaldo Sousa (M.M.)

Pastor Edvaldo Sousa

ALEGREMO-NOS! ESTÁ CHEGANDO O NATAL!!!

O nascimento de Jesus por meio de Maria não é o início de sua existência. João diz que Ele estava com Deus no princípio. Que Ele fez todas as coisas. Ou seja, antes de sua existência terrena, ele estava com Deus e como Deus, no princípio da criação. Sendo responsável direto por tudo o que veio a existir (João 1:1-5).O que ocorreu com o seu nascimento humano foi a encarnação de Deus, do Verbo. Da Palavra Criadora de Elohim.

Não foi algo aleatório ou sem propósito a sua vinda. Ele veio para resgatar a humanidade que vivia em trevas (Mt 4;16) e mudar os conceitos das gerações.Os seus ensinamentos tinham como finalidade mudar a maneira de pensar das pessoas. Querendo elas ou não, os seus ensinamentos trouxeram direção e uma maneira clara de buscar a Deus por meio de uma adoração sincera e verdadeira.

A figura de João Batista, o precursor,o arauto que preparava o caminho para a vinda do Salvador pela sua autenticidade de vida, foi na verdade o último dos profetas e segundo o próprio Jesus, “mais que um profeta”, “o maior entre os que nasceram de mulher”, o mensageiro que veio diante d’Ele a fim de lhe preparar o caminho, anunciando a Sua vinda (Lc 7, 26 – 28), pregando aos povos a conversão, pelo conhecimento da salvação e perdão dos pecados (Lc 1, 76s). João Batista ao ser o precursor do Senhor o aponta como presença já estabelecida no meio do povo, encarna todo o espírito do Advento. Por isso ele ocupa um grande espaço na liturgia desse tempo. Ele é o modelo dos que são consagrados a Deus e que, no mundo de hoje, são chamados a também serem profetas e profetisas do reino, vozes no deserto e caminho que sinaliza para o Senhor, permitindo, na própria vida, o crescimento de Jesus e a diminuição de si mesmo, levando, por sua vez os homens a despertar do torpor do pecado.

O Nascimento de Jesus Cristo na Bíblia é o Verdadeiro Natal! É um dos grandes acontecimentos da história da humanidade. Ali, o Deus eterno e Criador, estava se revestindo da nossa humanidade e se submetendo as mesmas dores e limitações que nós. É com certeza um dos maiores milagres que a humanidade registra em sua história, além de ser um fato único.Além disso, o nascimento e a humanidade de Jesus nos mostram o quanto Deus nos ama. Não foi algo simples, sem importância. Em Seu Filho, o Criador estava dividindo a história da humanidade.

Jesus nasceu de maneira bastante humilde. Embora Rei e Senhor de todas as coisas. Deus Pai determinou que a grandeza do nascimento de seu Filho se daria na humildade. O nascimento de Jesus iluminou não apenas a Terra, mas também o céu. Anjos do Senhor vieram e anunciaram aos pastores no campo o que estava acontecendo. Deixaram bem claro que isso era motivo de grande alegria. Boas notícias! Foi assim que Deus manifestou o seu amor entre nós: enviou o seu Filho Unigênito ao mundo, para que pudéssemos viver por meio Dele. (1 João 4:9) AMÉM!

Pr. Edvaldo Sousa (M.M.)

Nilton José da Silva

Primeiro Amor

Sou grato ao acordar,
sou grato ao me levantar.
Sou grato pelo pão, diante do Eterno em oração.
Sou grato por meus amigos, pela igreja, por meus irmãos em Cristo.
Sou grato por demandas boas e ruins que a vida proporciona a mim.
Em tudo dou graça!
Haverá sempre em meu coração : GRATIDÃO!!
Tudo porque o meu Deus, além de me dar vida, se importa comigo.
Então, quero ser instrumento dessa ação, estender ao meu semelhante a minha mão.
Levar a mensagem do meu Salvador
através de atitudes movidas por seu amor. Amor repartido, que cuida, dá esperança e transforma vidas. Amor verdadeiro, que emana do coração de Deus e me envolve por inteiro.
Por tanto amor, eu sou grato! Por isso, amo, porque Ele me amou primeiro.

Nilton José da SilvaRedação vencedora do II concurso de Redação&Desenho Missionário da PIBN “Porque Ele me amou.”

Artigo PIB Nilópolis

“É Natal! Nasceu Jesus Cristo!!!”

Vejamos isso que aconteceu e que o Senhor nos fez saber. “Não tenham medo” – disse o anjo: eu lhes trago a notícia mais alegre que já se deu, e isso é para todo o mundo! O Salvador-sim, o Messias, o Senhor nasceu esta noite em Belém! Como vocês vão reconhecê-lo? Vocês encontrarão uma criancinha enrolada num cobertor, deitada numa manjedoura! Ele é o Príncipe da Paz que veio da glória celestial com grande amor, para habitar entre os homens e restaurar o mundo do pecado. Nossos corações se regozijam no Salvador e a felicidade envolve o nosso ser, porque Ele, Jesus é a nossa Paz e Senhor de nossas vidas, que reinará para sempre. Aleluia! Aleluia! Aleluia!

É…o Natal chegou. Uma vez mais, doze páginas do calendário da História foram viradas, trazendo-nos de volta o Natal. Para muitos, Natal significa euforia, correria, presentes, comida, bebida, shoppings, compras, ceias e ruas movimentadas. Noite em família, alegria, satisfação e pequenos momentos de reflexão. Mas o verdadeiro Natal é o nascimento de Cristo, não só em Belém, mas dentro de cada coração. O Natal sopra em nossas vidas como um vento que sai do Norte para o Sul, sempre nos pegando de surpresa. E assim, tão rápido como chegou, ele se vai. Porém, para muitos, mais precisamente há mais de dois mil anos atrás, o primeiro Natal demorava em acontecer. Na ocasião, não havia festas, ceias e shoppings. Só havia as profecias e a promessa de que uma virgem conceberia e daria à luz o Rei que salvaria a Filha de Sião.

Parabéns, Jesus! Só Tu, és digno de receber Glória, Honra e Poder.
Tu és, antes de todas as coisas, e em Ti subsistem todas as coisas. És Rei sublime e divinal, e nós te amamos e te adoramos de todo o nosso Ser…..

M.M. Pr. Edvaldo Sousa